Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Recreativo >

imprimir
À conversa com… Laura Costa
Uma mulher de alguns amores e muitas paixões

Logo nas primeiras palavras trocadas, deu para perceber que estávamos na presença de uma pessoa especial, alguém a quem vulgarmente chamamos “mãe-galinha”, tal era a ternura e carinho com que falava dos seus dois filhos…

Ao longo da nossa conversa, foi possível observar uma pessoa que nos dava nota do prazer e da alegria que vivenciou na sua vida profissional bancária.

Nascida em Valongo no ano de 1962, foi lá que, em finais de 2020, fomos encontrar esta simpática colega. É mais um exemplo vivo, daqueles que este caderno da revista Associativo tem dado oportunidade de partilhar com os nossos sócios.

Laura Costa é alguém que faz questão de nos provar que há realmente vida para além da banca; muita vida mesmo.

Não deixou de ser interessante descobrirmos que foi uma birra de menina adolescente que a levou a concorrer ao Banco Borges & Irmão…

Com formação académica em Engenharia Electrotécnica, recorda hoje com satisfação e orgulho os 30 anos que, na qualidade de técnica de informática, permitiram que durante muitos períodos da sua vida profissional se tenha sentido uma mulher realizada.

Richard Giovanni disse em tempos que a distância entre dois amores é apenas um espaço no tempo.

No caso da Laura, conseguimos perceber que é uma mulher de alguns amores e muitas paixões.

E tem sido mais recentemente que o tempo disponível lhe tem permitido abraçar algumas paixões que sempre a acompanharam ao longo da vida. A leitura compulsiva desde que aprendeu as primeiras letras levou-a ao gosto pela escrita, tanto poesia como prosa.

O gosto pelos trabalhos manuais, aliado a uma criatividade que borbulha, levaram-na a desenvolver a arte de ceramista.

O gosto pela arte fez que em determinada altura se tenha inscrito num atelier de pintura, onde aprendeu técnicas de desenho a carvão, aguarelas e acrílico em tela.

Hoje são muitas as peças e as obras presentes na casa de clientes, de amigos e de amigos de amigos.

Por Rui Duque, 12-02-2021



Anexos:

Entrevista a Laura Costa




Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos