Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
ApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de SócioNewsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Recreativo >

imprimir
A tarte sem nome
Divirtam-se na cozinha!

21 de Março de 2020 – dia de chuva, quem diria que hoje começa a Primavera? E que diferença fará, quando quase todos nós temos de estar em casa? Nenhuma, de facto.

Estamos a viver um período da nossa história muito conturbado e preocupante, à escala mundial, que envolve a saúde de todos: o coronavírus (covid-19).

Comprometidas todas as rotinas profissionais, sociais, familiares, e de quarentena em casa, chegou o momento dos maiores desafios: adaptar as nossas vidas a uma convivência permanente, gerir emoções, controlar o stress, afastar medos e ansiedades, racionar recursos e sobretudo respeitar o que nos é pedido e acreditar em que o fim desta pandemia está para breve.

Eu próprio acredito em que este texto vos chegará já numa fase de franca recuperação e em que todos juntos vamos superar, vencer e voltar à normalidade quotidiana mais fortes, mais conscientes da fragilidade humana, a valorizar mais a vida e a priorizar tudo aquilo que é verdadeiramente importante.

A sugestão gastronómica deste trimestre é uma tarte sem nome. Propositadamente para serem vocês a dar-lhe um nome em função dos ingredientes que utilizarem. Muito fácil, ideal para ser feita em família, é um prato apreciado por quase todos e uma forma de aproveitar pequenas sobras de outras refeições.

Se ao longo de todos estes anos vos escrevo da importância da criatividade e inovação para o que comemos, não tenham a menor dúvida de que, hoje mais do que nunca, estes são ingredientes extremamente importantes para a elevação e o enriquecimento da qualidade que nós pomos neste modo de habitar o mundo, na história, na vida e na relação uns com os outros.

Divirtam-se na cozinha! Fiquem bem. Estejam seguros.

Ingredientes (tarteira de 28 cm)

Massa (base):

•300 g de farinha
•130 g de manteiga
•70 g de água morna
•½ c. de chá de sal
•½ c. de chá de acúçar

Recheio:

•½ curgete + ½ cebola + 2 cenouras
•1 tomate + 2 dentes de alho
•150 g de frango desfiado
• Pimentão-doce e porto q.b.
•Azeite e vinagre balsâmico q.b.

Molho:

•4 ovos + 200 ml de natas ou iogurte natural + 300 ml de leite + 1 colher de sopa cheia de farinha (ou farinha maizena) + queijo ralado + sal + pimentas

Preparação

1.Massa: introduza os ingredientes todos na Bimby e programe 15 seg. / vel. 6. Retire a massa, e em cima de papel vegetal estique com o rolo da massa até obter uma superfície fina que cubra toda a tarteira. Corte com uma tesoura os excessos no rebordo e reserve.

2.Recheio: faça sempre um refogado com os ingredientes que tiver num pouco de azeite, cebola e alho. Os vegetais recomendo que sejam ralados ou cortados em pedaços muito pequenos. Aromatize com um pouco de pimentão-doce, vinho do Porto, vinagre balsâmico ou outras especiarias a gosto. Depois de tudo refogado e envolvido, distribua em cima da massa com a ajuda de um garfo.

3.Molho: introduza os ingredientes todos (excepto o queijo ralado) no copo da Bimby (não necessita de lavar o copo depois de ter feito a massa) e programe 20 seg. / vel. 5 e verta em cima do recheio.

4.Para finalizar, polvilhe com um pouco de queijo ralado e o tomate às rodelas finas. Leve ao forno a 180ºC durante 40 minutos.

Por António Rosa, 5-05-2020




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos