Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Recreativo >

imprimir
Rally Paper
Vai voltar a surpreender

Pois é… Vamos voltar a surpreender.

"É um encanto", "um paraíso", "uma maravilha da natureza", um "lugar mágico", uma "verdadeira surpresa", "como é possível, tão perto de Lisboa e ninguém conhece isto". Certamente alguns sócios vão lembrar-se destas expressões.

Ilha dos Cavalos, ilha das Garças, ilhas dos Amores, ilha da Palhota, ilha das Cabras, mouchão dos Caracóis, mouchão da Casa Branca, entre tantas outras. São quase sempre inacessíveis, misteriosas e desabitadas. Lugar fantástico para a natureza e para as aves e algo que muitos de nós não imaginávamos que existisse em Portugal.

Todas as ilhas são diferentes, todas são únicas, todas são um mundo à parte. Há mesmo uma ilha que tem só aves. Vamos vê-las em diferentes fases ou ciclos de vida por todo o Tejo. Umas a nascer e outras a desaparecer aos poucos. Esta é também umas das belezas do Tejo, podermos ver a natureza em pleno processo criativo.

Há quem venha do outro lado do mundo só para o ver, porque não existem muitos lugares assim. A ilha das Garças é uma pequena ilha em frente à aldeia do Escaroupim, em Salvaterra de Magos. O que a faz tão interessante é o facto de ser o local onde pernoitam largas centenas de Garças-Boieiras, Íbis-Pretas ou Corvos-Marinhos, entre outras espécies.

Na época de nidificação entre Março e Agosto, nidificam em colónia na Ilha das Garças, milhares de aves de várias espécies: Garça-Real, Garça-Boieira, Garça-Branca-Pequena, Garça Goraz, Garça-Laranja, Colhereiro, Íbis-Preta, entre outras.

São milhares de ninhos nas árvores, uns com ovos ou pintos em diversas fases de crescimento. É verdadeiramente incrível poder assistir a este acontecimento da natureza que faz vir "bird watchers" e amantes da natureza do outro lado do mundo, só para as ver e fotografar. Sorte a sua, se conseguiu inscrever-se e participar neste Rally Paper.

Uma das grandes surpresas que o Rio Tejo nos reserva são os cavalos Lusitanos que vivem livremente nas ilhas. E podem ser vistos em pelo menos duas delas: na ilha dos Cavalos e no mouchão da Casa Branca.

Talvez fosse interessante, informar-se um pouco mais sobre as espécies que vai encontrar. É sempre melhor e mais espectacular, quando estamos a observar algo, do qual temos algum conhecimento.

Na vila de Valada, vamos poder atracar no cais, subir ao valado em pedra, caminhar ao longo do paredão bem cuidado, que tem como função proteger a vila das cheias. Parece que estamos noutro país e noutra era.

Tudo aquilo que acabaram de ler, vai acontecer nos primeiros 60 minutos do Rally.
Para ficar a saber o que vai acontecer no tempo restante, terá que participar.

Se já tem a sua equipa inscrita, parabéns. Se ainda não o fez, convém que se despache porque o número de inscrições é limitado e estamos quase lá.

Por Rui Duque, 12-03-2015




Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos