Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Atletismo >

imprimir
Finalmente!
Apesar das condicionantes e das limitações, objectivo cumprido

Finalmente voltaram as corridas apesar das condicionantes e das grandes limitações dos eventos desportivos que ainda se mantinham nesta data.

Depois do adiamento da edição de 2020 regressou a 14.ª edição da Meia-Maratona do Porto, com algumas particularidades, nomeadamente no plano da segurança.

Para além de o horário de início ter sido antecipado para as 8.00h, o local da partida foi deslocado para um ponto perto do da chegada, no sentido de evitar as movimentações do vaivém de autocarros que transportavam os atletas para esse local. Neste ano, por razões de logística foram aceites só 4500 inscrições.

O Grupo Desportivo esteve, como sempre, bem representado, sendo de salientar entre outras as presenças do “veteraníssimo” Francisco Amável, que se deslocou expressamente da capital, e do Jorge Moinhos, participante já habitual nestas andanças.

O tiro de partida da prova foi dado por uma das melhores atletas portuguesas de sempre, a Fernanda Ribeiro, e desde logo se percebeu a enorme alegria dos participantes, que se estendeu ao longo dos 21,0975 km do percurso estre as ruas do Porto e de Gaia e que pela primeira vez foi ganha por portugueses em ambos os sexos.

Devemos referir que todos seguiram atentamente as regras de segurança para tornar possível a realização do evento dentro das normas estabelecidas para uma das maiores provas que se realizam em Portugal.

Todos cortámos a linha de chegada no Jardim do Cálem, e foi com grande satisfação que cada um dos participantes do Grupo Desportivo atingiu as metas a que se tinham proposto, pelo que consideramos: objectivo cumprido.

Por António Cardoso, 9-11-2021




Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos