Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Desportos de Raquete >

imprimir
Grupo Desportivo vs Clube Millennium BCP
O grande vencedor foi o «convívio»

Fomos desafiados e em boa hora aceitámos o repto.

No início parecia uma missão praticamente impossível de realizar, mas com a boa vontade dos nossos atletas e alguma «picardia», foi possível reunir uma equipa com os melhores tenistas do Grupo Desportivo.

Esperamos que outros atletas se queiram associar a este grupo, para podermos participar em mais iniciativas destas.

O torneio iniciou-se com as partidas de Singulares, onde estiveram em prova os atletas: Rodrigo Beatriz, Rodrigo Leite e Rui Dias, digamos que os melhores tenistas da actualidade no Grupo Desportivo.

O Rodrigo Beatriz derrotou o seu adversário sem dificuldades, por expressivo duplo 6/1, enquanto que o Rodrigo Leite e o Rui Dias tiveram uma tarefa bem mais complicada. O Rodrigo Leite entrou praticamente a perder no primeiro set, recuperou no segundo e teve que decidir a partida por um super tie-break. Já o Rui Dias até começou bem, mas no segundo set «adormeceu» perante o seu adversário que o levou até ao super tie-break,onde o Rui «arregaçou as mangas» e decidiu a partida a seu favor.

Digamos que em singulares, fizemos um pleno de vitórias.

Nos Pares, a história foi ligeiramente bem diferente, a dupla Rodrigo Beatriz / Luís Remédio apesar de terem entrado bem no jogo, não foram suficientemente consistentes para bater a dupla adversária, perdendo pelos parciais de 6/4 e 7/5, deixando contudo no ar a ideia de que até podiam ter feito bem melhor. Já a dupla Rodrigo Leite / João Costa, apesar das dificuldades em conseguirem alguma margem de jogos ganhos, foram bastante empenhados e conseguiram ganhar os dois sets.

Apesar do resultado final ter sido bastante avassalador, não podemos deixar de ressalvar a qualidade adversária que nunca baixou os braços e apenas numa das partidas mostrou alguma fragilidade. Logicamente que o grande vencedor deste encontro foi sem dúvida o «convívio», entre todos os que tem por paixão o ténis.

Este encontro não fica por aqui, pois falta agora irmos jogar à casa da equipa adversária, onde costuma realizar os seus torneios e jogos amigáveis, o que nos deixa de algum modo apreensivos para a segunda mão. Mas até lá, vamos preparar-nos para continuar na senda das vitórias.

Por Luís Remédio, 02-11-2012





Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos