Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
Mais Notícias e EventosApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de SócioNewsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Desporto >

imprimir
GP Aniversário TVI
Má qualificação ditou o resultado final

O Grupo Desportivo marcou presença em mais uma edição daquela que já é uma prova lendária no panorama do karting amador em Portugal, no que a provas de resistência diz respeito.

Esta foi a primeira prova sem a presença no nosso amigo e colega Miguel Chaves…e facilmente percebemos que nada vai voltar a ser como dantes…

Para esta prova eram obrigatórias 11 paragens nas boxes com a duração mínima de 3 minutos, mas havia uma novidade no regulamento. A cada paragem nas boxes o piloto era obrigado a trocar de kart o que acabava por diluir o factor “sorte” com o kart sorteado inicialmente.

São 7 horas de resistência numa prova que cada vez mais desperta o interesse das melhores equipas do panorama nacional e que este ano contou também com a presença de algumas equipas estrangeiras.

Pela frente tínhamos mais de 350 voltas ao circuito de Algeruz com o objetivo de melhorar o resultado da última prova de resistência quando a sorte não esteve do nosso lado.

Os treinos não correram da melhor forma e não fomos capazes de aproveitar o tempo certo de estar em pista para obter o melhor tempo possível e, portanto, não fomos capazes de fazer melhor do que o 23º lugar em 28 equipas participantes.

Com o actual regulamento da prova (paragens na boxe com tempo mínimo a cumprir) qualquer segundo perdido em pista é quase impossível de recuperar e foi isso que acabou por ditar o resultado final do Grupo Desportivo.

É verdade que numa prova com 7 horas de duração nada se decide na posição de partida ou nas primeiras voltas, mas as hipóteses de sucesso ficam muito limitadas quando se parte da parte final do pelotão com os primeiros pilotos a ganhar tempo volta após volta.

No final um 16º lugar foi o melhor que conseguimos, com algumas boas voltas ao ritmo dos mais rápidos, mas ficou claro que com 30 minutos de treino mais bem conseguidos poderíamos estar a falar duma corrida muito diferente.

Por fim um agradecimento especial ao Grupo Desportivo por mais esta participação numa prova de resistência que começa a ser uma das “míticas” do calendário!

Encontramo-nos em Maio, na Batalha, para aquela que será a ultima edição das 24 Horas Euroindy!

Por Pedro Santos, 27-02-2020




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos