Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
Mais Notícias e EventosApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de SócioNewsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Desporto >

imprimir
Uma década de “Estórias”
Factos e curiosidades

Conforme referido na edição anterior, em 2020 a nossa equipa está a comemorar o 10.º aniversário de existência.

As sucessivas classificações, novidades e balanços foram sendo divulgados, trimestre após trimestre, neste espaço.

No entanto, há alguns factos e curiosidades cujo conhecimento ficou apenas no seio da equipa, e que, aproveitando a efeméride, aproveitamos para divulgar:

O nosso primeiro jogo foi realizado a 29 de Outubro de 2010, em Monção, contra a equipa dos Jovens Longos Vales. Ao início da tarde, por mera casualidade, descobrimos que ainda não tínhamos qualquer atleta inscrito para jogar nessa noite! A “contra-relógio” lá conseguimos inscrever os nossos atletas, mas a aventura não ficou por aí: metade da equipa andou perdida por Monção e só conseguiu chegar ao pavilhão 10 minutos antes da hora para o início do jogo… Após todas as peripécias, acabámos por ganhar por 44-38.

Esta história é elucidativa das dificuldades que sentimos nos tempos iniciais, quer fora do campo, quer dentro dele, onde o número de derrotas ia superando a quantidade de vitórias alcançadas. No entanto, fomos crescendo, e, em 2015, conquistámos a nossa primeira Taça de Reconhecimento, também com um acontecimento curioso associado: no segundo prolongamento do jogo decisivo contra a Juventude Pacense, que estava a discutir connosco o primeiro lugar, o nosso poste titular fez a quinta falta e teve de sair. Por iniciativa própria e sem que lhe tivesse sido indicado, um dos suplentes (António Costa), entrou em campo para o substituir e… acabou por ser ele a marcar o cesto da vitória!

Outra anedota digna de relevo deu-se no último jogo de 2017: estávamos a perder por 2 pontos de diferença e no desconto de tempo para preparar o último ataque, após 30 segundos a desenhar a jogada, o treinador diz: «Esqueçam. Vamos passar a bola ao Hugo.» E assim foi. Resultado: triplo convertido e sagrámo-nos vice-campeões dessa época!

Se quiserem fazer parte destas e de outras histórias, juntem-se a nós, à segunda-feira, à noite, no CLIP.

Por Manuel Correia, 7-02-2020




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos