Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
ApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de Sócio Newsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Cultura >

imprimir
Crónica do Trilho do Adro Velho
Uma surpresa agradável

Deslocámo-nos a Valença para percorrer o Trilho de Monte Faro, mas devido ao evento da lendária Rampa do Monte do Faro – a última edição realizou-se em 1973 –, fomos forçados a alterar para o Trilho do Adro Velho que iniciámos e finalizámos na Igreja Matriz de Friestas a sete quilómetros do centro de Valença.

Fomos então convidados a seguir um pequeno percurso interpretativo que nos leva à área de lazer do rio Manco, onde a flora autóctone é abundante.

Continuando a caminhada, por entre veigas, pinhais e carvalhais, rapidamente chegámos ao cruzeiro do Adro Velho, necrópole medieval de Verdoejo.

Neste magnífico monumento funerário, já próximos do fim do percurso, pudemos encontrar alguns vestígios de campas antropomórficas, que se encontram ladeadas por carvalhos e sobreiros centenários.

O último trecho do trilho, em vez de ser feito pela estrada, fizemo-lo pela ecopista que nos leva até perto da saída, em Friestas.

Por Reis Almeida, 3-08-2019




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos