Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Cultural >

imprimir
Dança da Morte / Dança de la Muerte
Co-produção Teatro da Cornucópia / Nao d’amores

Nao d’amores é uma estrutura profissional independente, criada em 2001 e dirigida por Ana Zamora, que tem vindo a apresentar com enorme sucesso espectáculos que pretendem ser a reinvenção de um teatro primitivo com uma qualidade lírica muito particular, a partir de textos e música antiga peninsulares, e recuperando várias formas de expressão artística de influência tradicional popular como danças, marionetas, música ao vivo com réplicas de instrumentos antigos, e elementos vários inspirados no folclore tradicional.

A companhia já apresentou em Portugal, convidada pelo Festival de Almada, O Auto dos Quatro Tempos de Gil Vicente, e no Teatro do Bairro Alto, o Misterio del Cristo de los Gascones. Desta vez e a convite da Cornucópia, faz uma criação em Portugal, ensaiada e estreada no Teatro do Bairro Alto, com a colaboração do Festival de Almada e nele integrada, que parte do texto Castelhano do século XV Dança General de la Muerte e que integra também textos vários de Gil Vicente.

Trata-se de uma nova abordagem do tema das Danças Macabras tão tratado por toda a Europa no fim da Idade Média. Segundo Ana Zamora, “Dança da Morte/Dança de la Muerte é uma fantasia da imaginação popular, uma viagem no tempo para reviver os mitos que ajudaram a mitigar o absurdo da morte, nascida no actual contexto cultural, em que se tende a negá-la e a afastar a sua lembrança, substituindo o ancestral anseio de imortalidade por uma imatura ficção de “a-mortalidade”.

Por Maria Pilar, 28-09-2010

Programa

Dramaturgia e encenação Ana Zamora
Interpretação Luis Miguel Cintra, Sofia Marques e Elena Rayos
Interpretação musical flautas, cromorne e chirímia Eva Jornet, viola de gamba Juan Ramón Lara, órgão Isabel Zamora
Arranjos e direcção musical Alicia Lázaro
Figurinos Deborah Macías
Cenografia e apoio para manipulação de marionetas David Faraco
Desenho de luz Miguel Ángel Camacho (A.A.I) e Pedro Yagüe


Realização:
De 30 de Setembro a 17 de Outubro
Ponto de encontro:
Teatro do Bairro Alto
Hora:
De 3ª a Sábado às 21.30h e Domingos às 17.00h

Valor:
Desconto 20% aos sócios contra apresentação do cartão na bilheteira

Ficha de Inscrição (pdf)
Ficha de Inscrição (online)



Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos