Revista Impressos Quero ser Sócio Área Pessoal Galeria Biblioteca Pesquisa Newsletter

Calendário
Recreativo
Desportivo
Cultural
Férias e Viagens
Vida Associativa
Parceiros
 

Página Inicial > Cultural >

imprimir
Um trilho pela margem do Vouga
Um percurso mais “soft”

Optamos por um percurso mais “soft” desta vez. Depois da última caminhada no Caramulo, este percurso em Angeja foi um descanso. Talvez esteja a exagerar um pouco…

Com o autocarro quase cheio, arrancámos da Praça Dr. Francisco Sá Carneiro, pelas 8.00h. Chegámos num instante a Angeja, uns 50 minutos depois, aproximadamente. Enquanto esperávamos pelos guias, fomos tomar um café para despertar.

Após uma breve explicação da trajectória que íamos fazer, pegámos nas mochilas, nos chapéus e nos bastões e arrancámos.
Toda a caminhada foi plana. Subidas e descidas, nem vê-las. Até tivemos sombra ao longo de quase todo o percurso, que tinha uns 11 km na totalidade.

O local estava dividido em 4 percursos: lilás, laranja, verde e vermelho. A sugestão dos guias foi o lilás e o laranja (rotativo). É de louvar a sinalização deste trilho. Por mais desorientada que uma pessoa fosse, naquele local era impossível perder-se.

A surpresa desta caminhada, foi o local escolhido. Por norma caminhamos em serras e montanhas, mas desta vez a vista principal foi o rio Vouga e os belos campos dos seus arredores. Fizemos 2 ou 3 paragens: uma para visitarmos a pequena Capela N. Senhora das Neves e outra para vermos um barco típico da região.

Dada como concluída a nossa missão, tirámos a nossa foto do costume e seguimos para o restaurante Pouso do Rei, para um almoço muito bem servido e saboroso.

Por Radu Popusoi, 19-07-2012





Apresentação Sobre nós Politica de Privacidade Contactos