Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
ApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de Sócio Newsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Férias e Viagens >

imprimir
A Grécia e um Cruzeiro
Visita pelos locais mais emblemáticos

Após algumas horas de navegação, a nossa primeira visita foi à ilha de Mykonos aglomerado de casinhas brancas coroada por uma fila de moinhos, com imensa gente à procura do famoso pôr-do-sol.

De volta ao barco rumámos a Kusadasi, na Turquia, onde a guia local, de seu nome Rainha, nos levou a visitar a casa da Virgem Maria, singela, com as suas fontes de água que se acreditava serem curativas, e as ruínas de Éfeso, cidade do séc. X a. C., que nos permitiram imaginar o que teriam sido a beleza e grandiosidade dos seus templos, reveladores dos conhecimentos técnicos dos povos que a construíram e habitaram.

Chegámos pela tarde a Patmos e aqui visitámos a gruta onde, segundo a história, São João Evangelista morou e escreveu o Apocalipse. Visitámos também o mosteiro construído em sua honra.

No último dia do cruzeiro, visitámos na ilha de Creta a sua capital Heraklion e o palácio de Knossos, cidade do séc. X a.C., associado ao rei Minos, e ao mito do minotauro.

No final do dia desembarcámos na ilha da Santorini, penhasco adornado por vilas caiadas de branco em patamares e escadarias com vistas deslumbrantes e as suas “lojinhas” e ruelas estreitas cheias de luz e engalanadas com buganvílias.

Terminado o cruzeiro regressámos ao porto de Pireu para uma viagem cultural de 4 dias.

Coube-nos em sorte a guia Constantina, ou Tina, como gostava de ser tratada, dotada de uma excelente cultura histórica e arqueológica e com um português fluente.

Visitámos as ruínas do oráculo de Delfos, segundo os gregos o centro do universo, dedicado ao deus Apolo – marcos históricos desaparecidos com o tempo, mas mesmo assim a prender a atenção e curiosidade dos visitantes.

O funcionamento do oráculo de Delfos dada a sua importância nas decisões dos dirigentes e governantes é (foi) deveras curioso pelas diferentes interpretações dadas às profecias das “pitonisas”.

Situada próximo da cidade de Kalambaka, Metéora é de longe o mais espectacular e um dos maiores e mais importantes complexos de mosteiros do Cristianismo Oriental. Os seis mosteiros, em funcionamento, foram construídos sobre pilares de rocha de arenito, na região noroeste da planície da Tessália, no século XI, e impressionam pela sua edificação no cimo de altíssimas rochas de acesso difícil em que todos se questionam como foi possível a sua construção à época. Sem esta visita a viagem ficaria incompleta.

Seguimos para Corinto, no mar Egeu, considerada a cidade da luxúria, visitada pelo apóstolo São Paulo, onde terá escrito os Actos dos Apóstolos. Aqui também visitámos o famoso teatro do Epidauro, do séc. IV a.C., famoso pela sua acústica, onde ainda hoje se realizam concertos de cantores famosos.

De volta a Atenas jantámos num restaurante típico em Plaka um dos mais famosos bairros históricos, de ruelas estreitas e cheio de lojas e restaurantes.

No último dia pela manhã fizemos uma vista panorâmica à cidade passando pelos locais mais emblemáticos, sem esquecer a Praça Sintagma.

Como não podia deixar de ser, subimos ao monumento de referência na Grécia, a Acrópole, construída por volta de 450 a.C., sob a administração do célebre estadista Péricles, que coordenou a sua construção dedicada a Atena, deusa padroeira da cidade.

Terminada a visita, rumámos ao aeroporto de Atenas para o regresso; cansados, mas culturalmente mais enriquecidos.

Agradecemos ao Grupo Desportivo por esta agradável viagem que todos vão certamente recordar.

Por Ângela Ferreira, 2-11-2019




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos