Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
ApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de Sócio Newsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Férias e Viagens >

imprimir
Áustria e Budapeste, uma viagem maravilhosa
Visita ao magnifico e rico Império Áustro-Húngaro

Realizou-se no passado mês de Setembro a viagem à Áustria e a Budapeste, promovida pelo Grupo Desportivo e organizada pela Tryvel.

O grupo, constituído por 13 pessoas – 11 do Norte e 2 do Sul – era bastante homogéneo, tendo imperado sempre a boa-disposição para a qual contribuiu a magnífica colaboração da guia, Dora Kovács, bem como do motorista, Joseph, pessoas com um bom sentido de humor e muito bem-dispostas.

Foi neste bom ambiente que logo no primeiro dia de viagem visitámos a cidade de Munique, na qual sobressai, pelo seu encanto, a Marienplatz, onde se encontra a soberba Nova Câmara Municipal.

Terminámos o dia com um magnífico jantar na cervejaria Hofbrauhaus, onde não faltaram a boa carne e cerveja, servida nas típicas canecas, bem como o acompanhamento musical de um grupo tipicamente tirolês.

Bafejados pelo bom tempo, no dia seguinte visitámos o Castelo Real de Neuschwanstein, um verdadeiro conto de fadas criado pelo rei Luís II (Ludwig II), a quem chamavam o Louco.

Seguimos para Innsbruck, capital do Tirol, cidade implantada na base dos imponentes Alpes, com lindas ruas e parques, e com a sua famosa pista de esqui Bergisel.

Uma vista panorâmica de cortar a respiração. Visitámos a catedral e o museu tirolês, que a todos deliciou.

Seguiu-se, no dia seguinte, Salzburgo. A cidade, atravessada pelo rio, é de uma beleza extasiante, com os jardins Mirabel a lembrar-nos o dó, ré, mi, de Música no Coração. Nas ruas da cidade respira-se cultura por todo o lado, nomeadamente música clássica. Não admira, foi nesta cidade que nasceu Mozart.

Muito perto de Salzburgo deparámo-nos com o lago Wolfgang, entre montanhas, de uma beleza indescritível. ~

Almoçámos junto ao lago, num óptimo restaurante, de onde desfrutávamos de uma panorâmica paradisíaca. Seguimos de barco até St. Gilgen, localidade também de uma beleza ímpar, com as suas casas floridas, em inúmeras tonalidades, e com as ruas limpas e bem tratadas.

No quinto dia de viagem, saímos de Salzburgo de manhã em direcção a Melk, onde se encontra localizada a abadia com o mesmo nome. Visitámos a abadia, junto ao Danúbio, que, a meu ver, tem muitas semelhanças com a de Montecassino, em Itália. O mosteiro da Abadia de Melk é, porém, muito mais belo e imponente do que o de Montecassino, sobressaindo os tons ocre que lhe dão uma beleza muito peculiar!

Daqui, no mesmo dia, seguimos para Viena. Se até Melk sempre fomos presenteados pelo bom tempo, com um sol radioso, quando chegámos à capital austríaca fomos recebidos por uma chuva copiosa!

Viena é opulenta em tudo, desde os grandes palácios, à ópera, à catedral de Santo Estêvão, até ao próprio Danúbio – que a atravessa. Viena faz jus ao também opulento Império Áustro-Húngaro.

Para além das visitas ao palácio de Schönbrunn, conhecido por “palácio da Sissi”, e ao palácio Belvedere, mandado construir pelo príncipe Eugénio de Sabóia, particularmente interessante foi a visita ao prédio Hundertwasser Haus, com janelas abauladas e de cores garridas, no qual se encontram, implantados nos tectos e nas fachadas, várias árvores, arbustos, flores, etc. As fachadas do prédio apresentam-se aos nossos olhos como autênticos jardins!!

Um dos pontos altos da visita a Viena foi o de termos assistido a um concerto da Orquestra Residente de Viena, onde não faltaram as valsas, a ópera e o bailado. Para melhor apreciarmos aquele momento e para memória futura fomos presenteados com uma taça de champanhe, não faltando os brindes dos elementos do grupo ao momento muito especial de que desfrutávamos.

Os dois últimos dias de viagem, apesar da chuva, foram a cereja no topo do bolo! Budapeste é uma cidade linda e surpreendente. Banhada também pelo Danúbio, presenteia-nos, de um lado, com Buda, em que se destacam o Bastião dos Pescadores e a Igreja do Rei Matias, e, do outro lado, com Peste, em que sobreleva o magnífico e imponente Parlamento, a Avenida Andrássy e a Praça dos Heróis. Foram visitas muito agradáveis.

Relevo como um dos momentos também muito especiais desta viagem o excelente jantar de despedida no rio Danúbio, a bordo de um cruzeiro. A paisagem nocturna, com a cidade toda iluminada, mormente o parlamento e as pontes, é um espectáculo soberbo e inolvidável!

A bordo, brindámos com champanhe o fim desta viagem fabulosa. O brinde foi feito em língua húngara, depois de devidamente ensaiado pela guia.

O êxito desta viagem, inolvidável para todos, deve-se não só ao facto de o grupo de participantes ser reduzido, mas também ao facto de nos ter acompanhado durante toda a viagem uma guia com um elevado grau de profissionalismo, que mostrou um conhecimento sobre os locais visitados muito acima do que é usual. Acresce a sua disponibilidade inexcedível para com todos os participantes.

Ao Grupo Desportivo, à Tryvel, à guia Dora Kovács e ao motorista Joseph, o meu e nosso muito obrigado. Estão todos de parabéns. Foi uma viagem fantástica.

Por António Rocha, 2-11-2019




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos