Secretaria   Galeria   Biblioteca   Pesquisa   Contactos
 
ApresentaçãoSobre nósRevistaImpressosAdmissão de Sócio Newsletters

Recreativo
Calendário
Cultura
Desporto
Férias e Viagens
Parceiros
Vida Associativa
 

Página Inicial > Desporto >

imprimir
XIV Maratona do Porto
Moldura humana gigante, nervosismo e dúvidas

Realizou-se a 14.ª Maratona do Porto, 42,195 km, a corrida mais ambicionada por qualquer atleta, do profissional ao amador.

A preparação, como um bom vinho que se preze, tem de ser devidamente maturada, respeitando um longo processo evolutivo.

Dia da prova: o nervosismo apodera-se dos corredores, e as dúvidas na linha da partida são mais que muitas, a moldura humana é gigante e constato que não estou sozinho nesta epopeia.

O tiro é dado, refreio o ritmo gerindo o esforço necessário para mais de 3 horas de prova. Os quilómetros passam, e o apoio do público é incondicional, aplaudem e gritam o nosso nome.

Decorrido mais de metade do percurso, olho para o relógio e a confiança instala-se; afinal a maratona não é nenhum bicho-papão, e sinto que vou fazer um tempo-canhão.

Eis senão quando, ao km 33, me estatelo contra o famoso muro, o meu corpo curva-se, as pernas não me obedecem, as forças abandonam-me e a mente grita para abandonar. Negando os meus próprios impulsos arrasto-me, durante 9 penosos quilómetros pelas trincheiras inundadas de dezenas de corredores “caídos em combate”.

Na recta final, a passadeira vermelha saúda-me, o slow motion é quase real, nos últimos 195 metros entram em cena os meus melhores companheiros, um de cada lado, os meus filhos catapultam-me para a meta, e de repente naquela ténue linha saboreei a glória!!!!

Por Rui Martins, 4-05-2018




Politica de Privacidade Secretaria Biblioteca Contactos